Ivaldo Pontes_074938eb39

UFPE lamenta a morte do professor Ivaldo Pontes

do site da UFPE

Nota do CVM: Lamentamos a perda de nosso companheiro Ivaldo Pontes Filho, cuja trajetória como militante da Política Operária e grande colaborador do Centro de Estudos Victor Meyer, sempre guardou coerência com a perspectiva proletária da luta pelo socialismo. Nós do CVM que tivemos o privilégio de compartilhar com sua amizade e convivência, te saudamos com a palavras de ordem:

- Companheiro Ivaldo, presente! 

Cabem muito bem ao companheiro Ivaldo Pontes, essas palavras do poeta russo Tchernichevski: “não se lamente por nada que tenha feito o seu tempo, e diga: aconteça o que acontecer, no final das contas a vitória pertencerá ao nosso campo.”

 

 

 

É com profundo pesar que a Reitoria da Universidade Federal de Pernambuco informa que faleceu, na tarde de hoje (30), aos 60 anos, o professor Ivaldo Dário da Silva Pontes Filho, diretor adjunto de Prospecção da Diretoria de Inovação da UFPE. O velório ocorrerá a partir das 8h deste domingo no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, onde o corpo será cremado às 13h.

Ivaldo Pontes era professor do Departamento de Engenharia Civil. Foi assessor do Gabinete e secretário executivo da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento (Fade) no reitorado de Amaro Lins. No primeiro mandato de Anísio Brasileiro, atuou como secretário de Relações Institucionais.

“Ivaldo esteve à frente do seu tempo. Buscou colocar a UFPE em um lugar estratégico na pesquisa brasileira. Teve sempre compromisso e carinho para com a Universidade”, afirmou o reitor Anísio. “Foi um amigo presente em todas as horas”, completou.

Para o ex-reitor Amaro Lins, Ivaldo Pontes era um cidadão combatente pelas boas causas da justiça social. “A UFPE perde um dos seus melhores quadros, e nós perdemos um querido e inesquecível amigo”, pontuou.

A diretora de Inovação da Universidade, Solange Coutinho, assim definiu Ivaldo: “Amigo parceiro, competente pesquisador, de inteligência arguta e espírito ousado e sagaz. Um homem com imenso compromisso institucional e ético, dotado de intenso bom humor e espírito crítico.” O docente deixa mulher, Myrian, e um filho, André.

Ivaldo Pontes graduou-se em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Pernambuco em 1977, obteve o título de mestre pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro em 1981, e de doutor pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em 1993. Iniciou a docência na UFPE em 1978.

Sua experiência na Engenharia Civil tinha ênfase em métodos numéricos, atuando principalmente nos temas: elementos finitos, plasticidade, análise de limite, simulação numérica e acoplamento hidro-geomecânico. Desenvolvia pesquisas no Laboratório de Métodos Computacionais em Geomecânica (LMCG).

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Comentários

  1. Amélia e Aderson disse:

    É COM MUITA TRISTEZA QUE RECEBEMOS ESTA PÉSSIMA NOTICIA!

    ESTAMOS PERDENDO UM VALIOSO COMPANHEIRO!

    ELE SERÁ ETERNO EM NOSSAS MENTES, MAS SUA PRESENÇA FÍSICA FARÁ MUITA FALTA EM NOSSAS TRINCHEIRAS DE LUTA!

    COMPANHEIRO IVALDO, PRESENTE!