CORONAVÍRUS: A CLASSE TRABALHADORA EM DEFESA DA VIDA !

ESPECIAL CORONAVÍRUS

 

Caros leitores, a epidemia do coronavírus está no centro da conjuntura. A partir de hoje vamos publicar matérias que destacam a defesa dos trabalhadores no país e no mundo frente a pandemia de coronavírus.

As precauções sanitárias não atingem a todos igualmente. Os trabalhadores vivem em áreas urbanas mais densas e desprovidas de saneamento, se deslocam para o trabalho em transportes abarrotados, que favorecem a transmissão do vírus, trabalham em ambientes coletivos, frequentemente sem condições salubres na produção, nos refeitórios, nos banheiros.

Se adoecerem pelo contágio, a assistência médica nas unidades públicas que estão habitualmente lotadas e são insuficientes para demanda rotineira, agora então ficará caótica, vide a atual situação da população na Itália, principalmente no que se refere a cuidados intensivos onde a ocupação desses leitos já depende de fila judicial na maioria dos estados.

Logo, a morte rondará mais os trabalhadores e seus familiares do que as classes dominantes, sejam assalariadas ou proprietárias, que detém mais recursos para fazer frente a esta grave adversidade sanitária e econômica que se cristaliza no país e no mundo. O vírus não tem classe mas é desigual o acesso aos meios para se defender dele assim como a chance de exposição.    

Uma face visível da política burguesa para crise é a recente tentativa do governo de evitar concessões na política fiscal, querendo manter a política neoliberal de condicionar as medidas de controle da epidemia a compensação as empresas e a continuidade das draconianas medidas de interesse do capital financeiro.  

Outro aspecto a ressaltar é a disputa política dos representantes do capital para viabilizarem suas candidaturas à presidência da República em 2022.

Os trabalhadores submetidos ao trabalho precário ou eventual serão ainda mais prejudicados pois a redução da atividade econômica os afetará duramente. 

Neste quadro grave e ameaçador, resta a classe trabalhadora arrancar do capital suas necessidades urgentes em defesa da vida para sobreviver a pandemia do coronavírus. Para esse combate é fundamental a informação, a solidariedade e a luta contra o capital e seu estado.    

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *