FOI DIA DE GREVE GERAL EM DEFESA DA PREVIDÊNCIA, CONTRA OS ATAQUES DO GOVERNO BOLSONARO AOS NOSSOS DIREITOS

Paralisações da produção e circulação de mercadorias, manifestações nas ruas em todas as regiões do país, marcaram mais esse importante dia de luta da classe trabalhadora

Do portal da Intersindical – Instrumento de Organização e Luta da Classe Trabalhadora

A madrugada do dia 14 de junho começou com os trabalhadores se colocando em movimento em defesa da Previdência Pública e a Seguridade Social, contra os cortes na educação, contra os ataques do governo Bolsonaro que quer exterminar os direitos da classe trabalhadora.

Em todas as regiões do país, metalúrgicos, trabalhadores em transporte, operários têxteis, professores, bancários, sapateiros, servidores públicos, radialistas se colocaram em movimento, que foram desde atraso à paralisação de 24 horas.

A Greve Geral de hoje, marcou que os trabalhadores mais do que avançar na compreensão do que significa a proposta do governo Bolsonaro contra a Previdência e toda a sua política que vai ter como resultado aumentar as demissões e a miséria e diminuir os direitos e salários, os trabalhadores também avançam na mobilização em defesa dos direitos.

O dia foi intenso e repleto das bandeiras vermelhas que mais do que um símbolo, marcam a nossa resistência e luta.  O dia mostrou que são só os trabalhadores em luta que podem derrotar os ataques dos patrões e dos governos. Somos nós que produzimos todas as mercadorias, somos nós que as fazemos circular, somos nós que atendemos nos serviços públicos, somos nós que socializamos o saber. Somos nós que produzimos a riqueza, somos nós e não nenhum patrão e governo que garantiram direitos, fomos nós com nossa luta que garantimos os direitos que eles tentam arrancar.

As manifestações contra os ataques do governo Bolsonaro se transformaram em grandes atos de rua no mês de maio reunindo centenas de milhares e a Greve geral do dia de hoje mostra que a luta não só vai continuar, como vai se ampliar.

A Intersindical esteve presente na organização desse importante dia de Greve Geral dos trabalhadores e seguimos firmes na ampliação dessa luta que vai se ampliar em greves maiores e mais intensas. Vamos seguir avançando na organização da luta em cada local de trabalho, estudo e moradia e na construção da unidade de ação com as Centrais e Organizações que estejam dispostas a lutar para derrotar essa desumana reforma da Previdência.

Veja as fotos das manifestações no país:


Toyota/Indaiatuba/SP


Toyota/Indaiatuba/SP


Mercedes/Campinas/SP


Metalúrgicos de Campinas e região juntos com o Sindicato e INTERSINDICAL atrasam a produção nas empresas Samsung, Toyota, Mercedes Benz e participam do ato unificado das centrais.


Trabalhadores em Campinas/SP se somam às manifestações na parte da tarde.


Circulo/Têxteis de Blumenau e região/SC


Blumenau/SC


Blumenau/SC
Têxteis de Blumenau juntos com o Sindicato atrasam a produção, trabalhadores no transporte também paralisam no período da manhã. E junto com diversos Sindicatos e movimentos realizam passeata na cidade.


Greve Trabalhadores do INCRA em Florianópolis


Manifestação/Florianópolis/SC


Manifestação/Florianópolis/SC


Junto aos trabalhadores do Transporte em Curitiba/PR


Fechamento da 277/Curitiba/PR


Curitiba/PR


Curitiba/PR


Manifestação dos Trabalhadores de Curitiba e região/PR


Araucária/PR


Marechal Cândido Rondon/PR


Toledo/PR


Funcionalismo público de Araucária e Curitiba e magistério municipal de Curitiba juntos com a INTERSINDICAL se somam a diversas outras categorias no dia da greve geral.


Manifestação no Rio de Janeiro/RJ


Sapateiros de Franca/SP


Manifestação de rua em Franca/SP


Em Franca, Sapateiros realizam manifestação nas fábricas e se somam na luta em defesa dos direitos.


Com os Metalúrgicos na Gerdau em Charqueadas.


Piquete com os Trabalhadores do transporte em Rio Grande/RS


Manifestação nas ruas de Santa Maria/RS


Trabalhadores nos correios de Santa Maria e região/RS


Manifestação em Porto Alegre/RS


Com os Trabalhadores no Transporte de Cachoeirinha/RS


Manifestação/Porto Alegre/RS


No Mato Grosso, trabalhadores nos Correios, servidores do Detran, trabalhadores da Educação, realizaram atrasos nas entradas, paralisação e se somaram as manifestações unificadas.


Trabalhadores nos Correios em Ribeirão Preto/SP


Químicos de Vinhedo junto com o sindicato e a INTERSINDICAL atrasam a produção na Saint Gobain e realizam passeata na cidade.


Químicos de Vinhedo junto com o sindicato e a INTERSINDICAL atrasam a produção na Saint Gobain e realizam passeata na cidade.


USIMINAS/Cubatão/SP


Juntos com o sindicato e a INTERSINDICAL, metalúrgicos fazem manifestação com atraso de produção na Usiminas de Cubatão. Servidores municipais de Santos engrossam a mobilização no dia da greve geral.


Na região de Ipatinga, manifestação na Usiminas, nas garagens dos transportes coletivos e no centro da cidade.


Fechamento da BR050 em Uberlândia/MG


Uberlândia/MG


Bancários em Brasília/DF


Bancários em Florianópolis/SC


Bancários em São Paulo/SP Juntos com a INTERSINDICAL, bancários se somam a greve geral em SP, DF e Florianópolis.


Rede Globo/São Paulo/SP


Rede Globo/São Paulo/SP


Record/São Paulo/SP
Radialistas do estado de São Paulo junto com a INTERSINDICAL participando da greve geral, fazem manifestação n a Globo e na Record e no SBT.


Feira de Santana/BA


Trabalhadores dos Correios e educação na manifestação em Fortaleza/CE

 

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *