Estrella-Bohadana-1024x576

Falecimento da companheira Estrella Bohadana

O CVM lamenta o falecimento de Estrella Bohadana, que militou nas organizações Política Operária (Polop) e Partido Operário Comunista (POC).

Segundo a nota divulgada pela Comissão da Verdade do Rio (CEV-Rio), Estrella estava internada desde o dia 09/05 e faleceu na madrugada do dia 11/05/2015.

“Estrella foi presa em 1970, com apenas 19 anos, e levada ao antigo 1º BIB, em Barra Mansa/RJ. Passou ainda pelo DOI/CODI, na Rua Barão de Mesquita, onde foi barbaramente torturada e precisou ser internada no Hospital Central do Exército, onde continuou sendo interrogada e sofrendo torturas psicológicas. Em 1973, foi presa novamente, em São Paulo, quando sofreu um aborto espontâneo.”

Veja o depoimento de Estrella para Comissão da Verdade:

 

“Devido às torturas sofridas no pau-de-arara, Estrella teve graves sequelas físicas nas pernas. A forma encontrada por Estrella para superar esse trauma foi buscar a arte. Tornou-se professora de dança Flamenca. Era, também, professora na Universidade Estácio de Sá e na UERJ.” (CEV-Rio).

O enterro ocorreu no dia 12/05, no Cemitério Israelita do Caju.

Estrella (3)

 

Outros depoimentos podem de Estrella podem ser vistos no site Torre das Donzelas (clique aqui)

 

NOTA DE FALECIMENTO DE ANTONIO NEIVA
Comunicamos também o falecimento de Antonio Neiva no dia 24/05/2015. Neiva participou da fundação do PT do Rio de Janeiro e da construção da Força Socialista, que fez parte da chapa que venceu as eleições do Sindicato dos Metalúrgicos do Rio de Janeiro em 1987.

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *